quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Maquina Overloque doméstica Brother 3034D


A 3034D é uma máquina de overloque doméstica rápida, compacta e muito fácil de usar, com a qualidade e tecnologia japonesa.

Ideal para tecidos delicados ou mais pesados, a overloque 3034D costura com uma velocidade de 1300ppm, une, arremata e corta o tecido, permite a conversão da base para braço livre, facilitando costuras tubulares, como mangas e barras, costura até 05 diferentes tipos de pontos de costura, que podem ser utilizados para acabamento ou como pontos decorativos. Possui ainda 2 conjuntos de alimentadores que auxiliam na remoção dos ondulados, ou podem auxiliar a enrugar o tecido dependendo da sua necessidade.

A variação do comprimento do ponto é de 02 a 04mm, e a largura do comprimento é de 05 a 07mm.

E mais, você ainda pode adquirir os calcadores opcionais para Ponto Invisível, que possibilita a costura com pontos invisíveis e overloque ao mesmo tempo, principalmente nas costuras em punhos, parte traseira de calças, bolsos, bainhas de saias e muito mais, Calcadores opcionais para como fecho-pano, para bainha, para fita, para seqüência de pérolas, para fita tubular e franzidor.



Fontes:Site Brother ,Youtube,

domingo, 24 de agosto de 2014

Máquinas de Costura Galoneira

Costura Galoneira – Usada para fazer barras em tecidos com elasticidade cruzando as linhas do lado do avesso, evitando assim que a costura estoure na hora de vestir. A máquina de costura galoneira industrial serve para tecidos médios e leves, e é ideal para confecção de bainhas, colaretes, golas, barras, aplicação de viés e debrum, rebatimento de elástico, etc…

Máquina Industrial Galoneira 3 Agulhas

 Tipos Básicos de Galoneira 

Máquina Galoneira Portátil Doméstica: Ela é portátil, ou seja, não vem com bancada.Ideal para uso domestico, Sistema de lubrificação manual.Esta máquina de costura utiliza 2 ou 3 agulhas, 3 ou 4 fios  e 1 volante.
Fotos de COLARETE/GALONEIRA PORTATIL MARCA JANOME - NOVA Rio de Janeiro Fotos de Bracob - Galoneira Portátil BC2600-P São Paulo
 
Máquina Galoneira semi-industrial:Esta máquina de costura utiliza 2 agulhas ou 3 agulhas , 3 fios ou 4 fios  e 1 volante. Possui lubrificação semi-automática. As máquinas de costura do tipo galoneira servem para fazer bainhas, golas e utilizando alguns aparelhos adaptados de forma correta ela pode fazer infinitos traçados.  
Galoneira Semi Industrial Bracob 03 agulhas Nova

Máquina Galoneira industrial: Esta maquina de costura utiliza 3 agulhas, 5 fios e 2 volantes. Possui lubrificação automática. As maquinas de costura do tipo galoneira servem para fazer bainhas, golas e utilizando alguns aparelhos adaptados de forma correta ela pode fazer infinitos traçados.
Assim como na máquina de costura reta, a galoneira também pode utilizar acessórios facilitadores de serviços como galão, passar elástico, marcar barra, etc
  • Com 5 fios com base plana fechada:
  •  

     
  • Com 5 fios com base plana aberta:

  • Com 5 fios com aplicador de elástico e refilador direito
   Galoneira Industrial BT
  • Com 5 fios com base cilíndrica e catraca
  • Com 5 fios com base cilíndrica,indicada para punhos,golas e qualquer parte cilíndrica da costura
Curiosidade: Estas máquinas também são conhecidas por outros nomes como Goleira, Cobertura ou Colarete.

Dicas

  • Limpeza da chapa de agulha. Tirar a chapa e limpa-la.
  • O cuidado com a lubrificação da máquina também é importante. O ideal é manter o óleo sempre no nível correto. Dependendo da vida útil do óleo e da quantidade de trabalho realizado na máquina, o prazo para a troca é de três a quatro meses. Existem alguns tipos de óleo que podem ser trocados a cada seis meses.
  • Verificar se o furo da agulha está danificado ou áspero, pois isso pode fazer com que a linha desfie ou quebre.
  • Verifique a centralização da agulha em relação à chapa, pois isso pode fazer com que quebrem a agulha, a linha e o looper, pois a agulha fica raspando no furo.
  • Verifique o tipo de agulha que está usando, procurando usar agulha correta de boa qualidade e na posição certa, tomando o cuidado de sempre substituí-la quando estiver rombuda ou torta
  • O calcador da galoneira tem duas molas por onde entra sujeira e trava os guias laterais, que faz com que as molas se quebrem; outro problema é que as molas geralmente perdem pressão e quebram, o que pode fazer com que o ponto distorça.
  • Verificar o tipo de linha que está usando, pois, dependendo da qualidade, ela vai quebrar ou dar falhas no ponto; às vezes, o looper pode estar áspero, o que também gera a sua quebra. É preciso pedir ao mecânico que lixe e de uma polida no looper.
  • A passagem de linha errada não acerta o ponto, ou seja, também o faz falhar 
  • NA DÚVIDA, NÃO MEXA: Quem aí nunca quis abrir a máquina toda, principalmente na hora da limpeza ou então quando enrolou mais linha do que devia por dentro? Mas na dúvida, não desmonte o que você pode não saber montar. O risco de montar tudo errado é grande, e o estrago que isso causa pode ser maior do que a gente pensa.
  • Se a máquina travar mesmo, somente o mecânico deverá abri-la e verificar se alguma biela travou por falta de lubrificação, ou seja, fazer uma apuração mais detalhada.
  • LEVE-A NO MECÂNICO: Essa dica vale para todas, mas principalmente para quem usa muito a máquina: é importante levá-la no mecânico para fazer uma revisão e dar um regulada. As vezes a gente nem nota que ela está com alguma falha aqui ou ali, então é importante que as vezes um profissional veja se está tudo ok, prevenindo estragos maiores; 
  • CONSULTE O MANUAL: O manual deve sempre ser consultado em caso de qualquer dúvida. Ele foi escrito por quem realmente entende da sua máquina, então é a melhor fonte de consulta.

Fonte:Maquina de Costura Indústrial ,Lingerie of Ceará

domingo, 25 de maio de 2014

Lençol-Tecidos e Tramas


Veja como identificar cada tipo de lençol com as dicas abaixo e torne-se um expert antes de comprar a sua roupa de cama.

Tramas e tecidos dos lençóis:
Fala-se tanto em tecido de lençol, quantidade de fios, construções (tramas), procedência. Vamos entender isto.
Tecidos
Tecidos de algodão são os melhores para roupas de cama devido suas características naturais. Ser macio, térmico, proporcionar elevada troca de ar, sensação de frescor além de ser de fácil lavagem.
Para lençol fala-se muito em quantidade de fios: hoje vemos várias opções que vão do 180 ao 1.000 fios, isto se refere a quantidade de fios por polegada quadrada na trama do tecido.
Algodão
Quanto mais fino o fio consegue-se uma trama mais fechada aumentando consideravelmente a maciez do tecido bem como sua resistência. Para o fio ser fino o algodão precisa ser de boa qualidade, como exemplo o egípcio.
Urdume e Trama
Em relação a trama temos o percal e o cetim (sateen). A construção percal vai bem do 180 ao 400 fios, a do sateen dos 400 em diante.
Algodão Egípcio

Percal 200 fios

Tecido macio e bem resistente devido sua construção.

Sateen 400 fios

Muito leve e macio, elaborado com o mesmo fio tanto na trama quanto no urdume (horizontal x vertical). Sensação de não ter peso, maciez elevadíssima, fino, com um brilho natural, parece seda.

Sateen 600 fios

Mesma maciez do 400 fios porém mais encorpado, mais resistente, com maior poder térmico (mantém uma camada de ar quente do frio).
600 Fios

Sateen 800 fios

Tecido muito macio, mais resistente com um certo peso e com poder térmico elevado.
800 Fios

Sateen 1.000 fios

Extremamente macio e liso, muitos quando o tocam vê-se um brilho no olhar! rs bem resistente e térmico. Sensação de peso maior. Possui um brilho único.

Os tipos de tecido:

 

 - Lençol de microfibra: A microfibra é um fio sintético, extremamente fino, geralmente de poliéster, náilon ou acrílico, derivado do petróleo. Propicia características como: Toque agradável, respirabilidade, isolamento térmico, durabilidade, resistência e secagem rápida.

 

Jogo de Lençol Solteiro Diplomata 3 Peças 150 Fios - 100% Algodão - Juma Enxovais 

- Lençol “100% algodão”: na linguagem popular, esse tipo de lençol é o que possui 150 fios e é 100% feito com algodão. Ele é macio mesmo tendo poucos fios na sua trama, é antialérgico, como todos os lençóis feitos com algodão puro, e o preço é baixo, se comparado aos demais.


Jogo de Cama King 200 fios - Alhambra c/abas -  2.90X2.50 M- Lençol de percal: é denominado percal o lençol feito a partir de 180 fios.
Ele pode ser 100% algodão (puro) ou 50% algodão e 50% poliéster (misto).
Com a mistura do poliéster, o preço diminui e fica mais fácil passá-lo, pois não amassa muito, mas por outro lado, em pouco tempo você terá aquelas bolinhas indesejáveis no tecido.
Outro inconveniente do tecido misto é que ele pode dar aquela sensação de “pinicar” a nossa pele e pode também ser mais quente do que o de algodão puro.


lencol de malha verde 2- Lençol de malha: a malha é feita com 100% de algodão também, a diferença está na trama dos fios
apenas.
Com isso, temos a vantagem de não precisar passar esse tipo de lençol.
 É uma ótima opção para a roupa de cama das crianças, pois é bastante macio e não é muito caro.

Existe dois tipos de malha algodão:Penteada e Cardada.
A diferença entre malha cardada e penteada está na matéria-prima. A malha cardada é produzida a partir do fio cardado e a malha penteada do fio penteado. A diferença entre penteado e cardado está no tamanho da fibra e o processo de fiação.
Fio Cardado:
O fio cardado devido a não passar pela penteadeira, possui mais fibras curtas, o que propicia uma maior formação de pilling (bolinhas no tecido) e neps (defeito na regularidade do fio). A aparência também é prejudicada, pois o mesmo possui uma maior irregularidade.
Fio Penteado::
No sistema penteado o fio passa por um equipamento que se chama penteadeira. Este equipamento tem a função de retirar as fibras mais curtas (antes de se formar o fio) e impurezas como cascas, que são provenientes do algodão e não foram retirados em processos anteriores. Este processo confere um fio de qualidade superior, visto que este é mais limpo, não possui fibras curtas, e é mais resistente. Tem menos Neps, e forma menos pilling na malha acabada. Porém devido à retirada de mais fibras no processo, a perda de algodão para a produção do fio é maior, o que juntamente com a inclusão de mais um equipamento no fluxo produtivo eleva o custo de fabricação e conseqüentemente o preço do fio, sendo este o fator principal para o encarecimento do fio penteado. 

- Lençol de flanela: como o nome diz, é feito de flanela, para os dias frios.

Dificilmente você irá encontrá-los se mora em uma cidade quente a maior parte do ano.
A flanela é um tecido que precisa ser cortado de forma especial para se fazer o lençol, por isso o preço é mais caro do que os de algodão comum.
Mas possuem a vantagem de durar bastante, por vários invernos, e também são antialérgicos.


Jogo de Lençol Casal King Accanto Chocolate 100% Algodão Egípcio 400 fios 
- Lençol de algodão egípcio: o algodão egípcio se tornou famoso recentemente e não é à toa.
Ele é considerado o algodão mais fino e elegante que existe, graças às suas fibras longas, macias e resistentes.
Os lençóis deste algodão são caros, mas duram muitos anos, ficando cada vez mais macios.
São mais difíceis de passar, mas se você preza o conforto na hora de dormir, não irá se arrepender!



 

- Lençol de seda: a seda é um tecido natural, mas retém calor.
Por isso, é aconselhável usá-lo nos dias frios ou com o ar condicionado ligado.
Por ser feito com um tecido nobre, o lençol de seda é bastante caro, mas se você pode pagar e faz questão da sua textura extremamente macia e aveludada, vale o investimento.



   


  - Lençol de cetim: o cetim também é um tecido nobre, feito a partir da seda, mas com tramas bem fechadas.
O lençol feito de cetim tem o preço menor do que o de seda, mas também tem o toque macio.



 


- Lençol de linho: assim como a seda, o linho retém calor, principalmente se estiver engomado.A goma deixa o lençol bem durinho no início, mas conforme o uso, a goma vai saindo e ele fica mais macio.
O preço também é alto, pois é um tecido nobre.




 Tamanho dos Lençóis

É preciso estar atento também ao tamanho ideal dos lençóis para sua cama. Afinal, de que adianta ter lençóis de qualidade se eles se desprenderem da cama durante a noite ou ficarem cheios de dobras que marcam sua pele. Um encaixe perfeito da roupa de cama também pode garantir maior durabilidade aos produtos que, se muito esticados podem se rasgar.
Fita métrica e anotar medidas para cada tipo de cama que, aproximadamente, assim são classificadas.
  • King Sise: 2 x 2 metros.
  • Queen Sise: 1,6 x 2 metros.
  • Cama de casal: 1,4 x 1,9 metros.
  • Cama de solteiro: 0,9 x 1,9 metros.
  • Cama de viúva: 1,28 x 1,88 metros.
A altura dos colchões varia muito, por isso a fita métrica é indispensável para garantir o melhor encaixe da roupa de cama. Colchões de mola, por exemplo, podem ter profundidade de 28 até 46 centímetros.
Os lençóis que possuem elásticos podem ser muito práticos na hora de arrumar a cama.
Modelos que possuam elásticos em toda a extensão das bordas costumam ser mais caros, mas têm a vantagem de se manterem mais fixos ao colchão.
A opção intermediária em relação aos preços é o tipo de lençol com elásticos contornando apenas as laterais.
Os mais baratos possuem elásticos apenas nos cantos.


Fonte:Faz Fácil, Conceito Casa,BBel,

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Máquina de Costura Brother-modelo LS2125i


Brother LS2125 
 
Leve, prática, a Brother LS2125I é uma Máquina Mecânica, possui 10 pontos que possibilita 25 funções diferente de costura, caseador automático de 4 passos, luz embutida, suporte especial para acessórios, troca rápida de calcador.


Vídeo Manuseio da Máquina


Fonte:Brother,Youtube,Celmáquinas,Amazon

terça-feira, 15 de abril de 2014

Colcha de Retalhos

As mulheres que se reúnem sempre para costurar colchas juntas se conhecem há muito tempo e vão contando suas histórias de amor para a protagonista do filme, Finn (interpretada pela Winona Rider) que foi pedida em casamento e está na casa da tia-avó para colocar o projeto de mestrado em ordem e acaba passando por um momento de dúvidas em relação ao amor.
A colcha que as mulheres costuram durante o filme é para Finn, será um presente de casamento para ela. O mais legal é que cada mulher é responsável por construir um bloco que vai compor a colcha e eles refletem suas respectivas histórias de amor, já que o tema da peça é "Onde Mora o Amor".
 Finn e sua colcha de retalhos, cheia de amor e histórias!
O filme tem uma trilha instrumental bem legal, as roupas e a estética dos anos 90, o que , os flashbacks são ótimos e todo o ambiente de uma cidade pequena, florida e ensolarada da Califórnia 
 Trecho do Filme



“Os jovens amantes querem a perfeição. Os mais velhos aprendem a arte de emendar os rasgos e a ver a beleza na multiplicidade dos retalhos”. Essa frase foi dita no Colcha de Retalhos (How to Make an American Quilt), com a atriz Winona Ryder.

domingo, 2 de março de 2014

Quilting



Quilting é um método de costura feito para unir duas ou mais camadas de materiais, juntando-as para fazer um material mais grosso, o acolchoado. Quilter é o nome dado a alguém que trabalha em quilting. O quilting pode ser feito à mão, por máquina de costura, ou por um maquina especifica para estes tipo de trabalho a LongArm quilting.
O acolchoado típico é feito com três camadas: a tela superior ou quilt top, camada intermediaria o material isolante e a terceira camada o material de apoio. O quilting a mão ou a máquina de costura consiste em passar a agulha e linha por todas as camadas e, em seguida, trazer a agulha de volta.  O quilting pode ser executado em linha reta ou com pontos de execução que são comumente usados. Estes pontos podem ser puramente funcionais ou elaborados de forma decorativa.


História

A palavra “colcha” é derivada do latim culcita, significando um acolchoado amarrado originando assim o quilting técnica de produziu com tecido acolchoados mais grosso para proteção. A primeira evidência de quilting é encontrada na Ásia, algum tempo antes do primeiro século dC. Um tapete, roupa acolchoada, datando dessa época foi encontrado em uma tumba caverna da Sibéria. Os temas centrais (principalmente animais, com espirais sobre as bordas) eram trabalhados no pesponto, enquanto o fundo era de uma malha grossa.
 


Tipos de acochoado medieval "Gambeson"


Antigas esculturas Egípcias mostram detalhes que nos remete a vestimentas acolchoada, possivelmente para se aquecerem nas noites frias do deserto. Quilting também fez historia na tradição do bordado na Europa por volta do século V dC. Podendo ser observada a utilização de materiais de algodão egípcio, o que indicar que o comércio com o Egito e o Mediterrâneo foi um canal para o desenvolvimento da técnica.

Objetos acolchoados eram relativamente raros na Europa até aproximadamente o século XII, quando camas e outros itens passaram a fazer parte do mobiliário, depois do regresso das Cruzadas do Oriente Médio. O acolchoado medieval gambeson, aketon e armar gibão foram usados ​​principalmente como armadura ou ainda combinado com armadura de maille, ou sobre vestidos em forma de casacos. Esses mais tarde evoluíram para o acolchoado gibão usado por parte dos europeus do sexo masculino como roupas da moda do século XIV ao XVII. O vestuário feito com quilting começou a ser usado no século XIV, com doublés acolchoada e armaduras usadas na França, Alemanha, Inglaterra e túnicas na Itália.



Perse Broderie


Na America nos tempos coloniais, a maioria das mulheres da classe operaria se mantinha ocupada na fiação, tecelagem e confecção de vestuário. Enquanto isso, as mulheres das classes mais ricas se orgulhavam de suas colchas wholecloth. Edredons feitos durante o século XIX não eram construídas com blocos de remendado, mas com metragens especificas de panos que eram bordados “Perse Broderie” (bordado persa) um estilo de bordado feito com apliques que usa elementos impressos para criar uma cena sobre um tecido de fundo assim foram feitas colchas e edredons.

Durante os pioneiros dias americanos, colchas de "papel" se tornaram populares. O papel era usado como um padrão e cada peça de tecido cortado era alinhavado em torno do padrão de papel. O papel era um bem escasso no adiantado oeste americano, e as mulheres poupavam cartas, recortes de jornais e catálogos para usar como padrões. O papel não só serviu como um padrão, mas como um isolante. Os documentos encontrados entre as mantas desta época tornaram-se uma fonte primária de informações sobre a vida pioneira.

Edredons feitos sem qualquer isolamento ou rebatidas são referidos como colchas de verão. Eles não foram feitos para o calor, mas sim para manter o frio fora durante noites mais frias de verão.

Mulheres Afro-Americanas desenvolveram um estilo distinto de colchas, notoriamente diferente, estilo este, fortemente associadas com o Amish. Harriet Powers, uma escrava americana, fez duas colchas famosa na história. Ela era apenas uma das muitas quilters afras americanas que contribuíram para a evolução do quilting. A comunidade Gee's Bend quilting foi celebrada em uma exposição que viajou por vários museus, incluindo o Smithsonian. As contribuições feitas por ela e outras quilters da Gee’s Bend, Alabama foi reconhecida pelo serviço postal dos EUA com uma série de selos. A natureza comunal do processo de quilting (como ele pode reunir mulheres de várias raças e origens) foi homenageada no filme “Como Fazer um quilt americano”.

Durante o século XX, as colchas de arte tornaram-se populares por suas qualidades estéticas e artísticas mais do que para a sua funcionalidade. (que são exibidas em paredes ou mesas em vez de serem dispostas sobre as camas).

Tipos de quilting

Muitos são os tipos de colchas existentes nos dias atuais. As duas técnicas mais utilizadas são o quilting à mão e quilting máquina.

Quilting à mão
Este processo usa agulha e linha para costurar uma costura que percorre com a mão toda a área a ser acolchoada unindo assim todas as camadas. Um quadro de bordado ou aro (bastidor) geralmente é usado para ajudar na realização do acolchoado que é executado no colo da quilter. A quilter pode fazer um ponto em execução que é chamado um ponto facada. Outra opção é um ponto chamado de balanço, onde a Quilter, geralmente com um dedo vestindo com dedal sobre a colcha, enquanto a outra mão está localizada abaixo da mesma para empurrar a agulha de volta. A terceira opção é o ponto chamado de "carregamento da agulha" que envolve fazer quatro ou mais pontos antes de puxar a agulha através do tecido. Quilting à mão ainda é praticado pelos Amish nos Estados Unidos, e hoje está desfrutando de um ressurgimento mundial.

Quilting à Máquina
  Processo que faz utilização de máquina de costura doméstica ou uma máquina de costurar LongArm para juntar as camadas. Usando uma máquina de costura doméstica, as camadas devem ser dispostas em uma superfície plana onde serão pinadas (usando alfinetes grandes) ou alinhavando a fim de juntar as camadas para então serem levadas a maquina de costura para execução do quilt.


 Para fazer o QUILTING com à máquina de costura doméstica, existem pés calcadores especiais:


WALKING FOOT – para costuras retas



QUILTING FOOT , DARNING FOOT, BIG FOOT (plástico), OPEN TOE (metálico com abertura): são pés específicos para o FREE MOTION QUILTING, que é o QUILTING de movimento livre ou QUILTING Livre.


Cada marca e modelo de máquina de costura possui um pé adequado para este tipo de Quilting, na dúvida pergunte em uma loja distribuidora da marca de sua máquina, para não acabar comprando gato por lebre e ter um equipamento adequado com o qual conseguirá melhores resultados. Para as máquinas mais antigas existe no mercado um modelo genérico.

Já com o uso da maquina Longarm Quilting o processo se dar pela colocação das camadas a ser acolchoado em um quadro especial. A moldura tem pinças em que as camadas são laminadas, mantendo estas em conjunto, sem a necessidade de alinhavar ou pinar. Esses quadros são utilizados com uma máquina de costura profissional montada sobre uma plataforma e esta passeia das trilhas, para que a máquina possa ser movida através das camadas da estrutura. Uma máquina Longarm é movida através do tecido em um movimento contraste.
Lenni1



Dicas:
Quilting é geralmente concluído a partir do meio, e se expandindo para as bordas da colcha. Podendo ser de elaboração decorativa, compreendendo costura que formam projetos com padrões simples ou complexas grades geométricas, "motivos" traçado a partir de padrões publicados em revistas, ou complexos modelos repetidos chamados pavimentações.

O quilter pode optar por enfatizar esses projetos usando segmentos que são multicoloridas ou metálicas, ou que contrastam fortemente com o tecido. Por outro lado, o quilter pode optar por fazer o quilting desaparecer, usando náilon "invisível" ou fio de poliéster, segmento que corresponde à colcha top, ou a costura dentro da costura de retalhos próprios (vulgarmente conhecido como "ponto na vala"). Alguns quilters desenhar o projeto quilting no top antes de costurar, enquanto outros preferem unir "à mão livre."

Quilting é frequentemente combinada com bordados, patchwork, apliques, e outros trabalhos que fazem uso de agulha.

O forro e a manta devem ser cortados pelo menos uns dois centímetros maiores que o topo, pois se houver algum deslizamento, não haverá prejuizos ao trabalho. Pré-lavar o forro é uma boa idéia e ele pode ter emendas, se isso se fizer necessário. Essa emenda pode ser normal, com uma costura no centro ou ainda formando um medalhão quadrado ou retangular no centro, com bordas ao redor. Claro que o forro também pode ser todo trabalhado, como por exemplo, todo em quadrados grandes, que fará com que a colcha tenha dupla face.

Coloque o forro sobre uma mesa (ou sobre o chão, se não tiver uma mesa grande o suficiente) com o direito para baixo (se houver). Prenda com pedaços de fita crepe a intervalos regulares, em toda a volta. Estenda, mas não estique o tecido.
Sobre o forro coloque a manta e torne a prender com a fita crepe em alguns pontos. Depois coloque o topo, centralizando e com o direito para cima.
Faça alinhavos usando uma agulha grande e não muito grossa, e linha branca ou natural (independente da cor dotrabalho). Esse alinhavo deve partir do centro para os cantos, em "X" e depois nos intervalos, formando um "+". Se o trabalho for pequeno, assim apenas será suficiente, mas se for um painel, manta ou colcha, continue alinhavando nos intervalos dos alinhavos já feitos, até ter certeza de que todas as camadas estão estabilizadas. O alinhavo não precisa ser reto nem regular, já que será retirado depois.


Existem alfinetes curvos que podem substituir o alinhavo, mas você precisa ter uma quantidade grande, uma vez que vai alfinetar todo o topo, colocando-os não muito longe uns dos outros.

E há ainda outra forma mais simples, que é usando o Adesivo Spray 305/505. Trata-se de uma cola não permanente e que deve ser aplicada na manta, primeiro em um dos lados (o que vai ficar aderido ao forro) e depois no outro, que receberá o topo em cima. Os jatos devem ser dados a trinta centímetros de distancia e não muito prolongados, a ponto de deixar a manta molhada.

Depois de fazer o quilting, corte o excesso de manta e de forro.
Essa forma de sanduiche requer que seja colocado um debrum de acabamento ao redor, depois que o quilting estiver terminado, mas para trabalhos menores, há uma outra maneira mais simples e mais rápida. Às vezes também podemos fazer o quilting sem colocar forro, como para determinadas montagens de bolsas.


Fonte:Wikipédia,Danielle Décor Art,Country Craft,Arte em Casa,



segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Máquina Eletrônica Doméstica Singer modelo Brilliance 6180 e 6160


 A Máquina de Costura Singer Brilliance é uma máquina ideal para quem quer unir as funções de costura básica como pregar zíper, barras de calça e as funções avançadas dos pontos de patchwork.

Singer Brilliance 6160 

  • 56 pontos(incluindo pontos flexíveis) e 04 casas de botão
  • Máquina eletrônica com facilidade na seleção e utilização dos pontos.
  • Braço livre que facilita a costura em mangas, punhos e barras.
  • Costura com agulha dupla que faz costuras paralelas e aplicações como nervuras.
  • Estrutura interna de metal que aumenta a estabilidade na costura.
  • Velocidade de até 700 pontos por minuto da costura.
  • Passador de linha para a agulha que facilita a passagem de linha pela agulha.
  • Ajuste da largura dos pontos que permite fazer os pontos com larguras variadas.
  • Ajuste do comprimento do ponto que permite fazer os pontos com comprimentos variados.



 
Singer Brilliance 6180

  • 74 pontos (incluindo pontos flexíveis) e 06 casas de botão
  • Máquina eletrônica com facilidade na seleção e utilização dos pontos.
  • Braço livre que facilita a costura em mangas, punhos e barras.
  • Mesa extensora que amplia a área de trabalho.
  • Costura com agulha dupla que faz costuras paralelas e aplicações como nervuras.
  • Estrutura interna de metal que aumenta a estabilidade na costura.
  • Velocidade de até 700 pontos por minuto da costura.
  • Passador de linha para a agulha que facilita a passagem de linha pela agulha.
  • Ajuste da largura dos pontos que permite fazer os pontos com larguras variadas.
  • Ajuste do comprimento do ponto que permite fazer os pontos com comprimentos variados.
Todos os pontos são selecionados rápida e facilmente através de toque em um visor de LCD.
 














Passando a linha e enchendo bobina.

Outras dicas (trocando agulha,passando a linha,Casear...):

Fonte:Youtube,Singer,McBrasil,